12/01/18 - Superliga

Sada Cruzeiro visita o carioca Sesc-RJ em busca da liderança da Superliga

Depois de encerrar 2017 disputando o Mundial de Clubes e no primeiro confronto de 2018 garantir a classificação para a fase final da Copa Brasil, agora é a vez do Sada Cruzeiro retomar a disputa do principal campeonato nacional: a Superliga. O time viaja ao Rio de Janeiro no fim da manhã desta sexta-feira, para encarar o Sesc-RJ, em um duelo que vale a ponta da tabela da competição. O jogo acontece neste sábado, 13/01, às 21h30, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, com transmissão ao vivo do Sportv.

Com um jogo a mais, o Sesc-RJ é o primeiro colocado na Superliga, com 31 pontos e uma campanha com 10 vitórias e duas derrotas. O time celeste, que fechou o primeiro turno na liderança, é o vice-líder com 30 pontos, sendo 10 vitórias em 11 jogos.

Na temporada 2017/18 Sada Cruzeiro e Sesc-RJ já se enfrentaram em duas ocasiões. Em setembro do ano passado, nos torneios preparatórios na Argentina, a equipe estrelada venceu por 3 a 0. E no confronto do primeiro turno da Superliga, em outubro, a vitória também foi cruzeirense, mas terminou com um placar apertado de 3 a 2.

Cruzeirenses esperam um jogo bem equilibrado no Rio de Janeiro – Foto: Renato Araújo

Para o líbero Serginho, este novo embate entre mineiros e cariocas deve ser novamente bem acirrado. “Será um jogo muito difícil, como sempre. Não é fácil contra ninguém, principalmente se tratando de Sada Cruzeiro, pois todo mundo vem com uma energia estocada para tentar tirar uma casquinha do nosso time. A equipe do Sesc vem jogando muito bem durante a Superliga, parece que encaixou bem e engrenou na temporada. Contra nós o retrospecto é de duas vitórias a nosso favor. Mas cada momento é diferente e não dá para se apegar ao que passou. Temos que estudar bastante o adversário e executar muito bem dentro da quadra o que for passado pelo professor Marcelo”, destacou camisa 17.

Os elencos de Sada Cruzeiro e Sesc-RJ voltarão a se enfrentar ainda em janeiro, pela semifinal da Copa Brasil, no dia 25, em São Paulo.