29/07/16 - Amistosos

Sada Cruzeiro vence Polônia no tie-break em amistoso disputadíssimo no Riachão

Na próxima terça-feira, às 20h, as duas equipes voltam a jogar no Ginásio de Contagem

A torcida cruzeirense pôde presenciar um grande jogo no Riachão – Fotos: Renato Araújo – Divulgação Sada Cruzeiro

A noite desta sexta-feira, 29/07, foi de muita festa no Ginásio de Contagem, que recebeu o primeiro amistoso internacional, entre Sada Cruzeiro e Seleção da Polônia. Com ares de partida oficial, com todos os protocolos de um confronto entre diferentes nações, dentro de quadra o clima também foi de campeonato, em uma disputa acirrada e com direito a espetáculo da torcida. E de virada os donos da casa levaram a melhor, vencendo no tie-break, com parciais de 23/25, 25/19, 25/23, 18/25 e 19/17. Na próxima terça-feira, às 20h, as duas equipes voltam a jogar no Ginásio do Riacho, fechando a preparação polonesa para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Ainda em fase de pré-temporada, Marcelo Mendez aprovou a atuação de seus comandados. “Estou muito feliz. Estamos em etapas diferentes, enquanto eles estão para jogar a Olimpíada, nós estamos nos preparando para os torneios da temporada. Acho que o nosso time jogou bem. Estou muito feliz pela atuação dos meninos mais novos, e também pelos adultos, que fazem este time do Sada Cruzeiro ser tão grande”, analisou Mendez.

O ponteiro polonês Mika destacou o duelo disputado, que vai ajudar bastante na preparação de seu time. “Com certeza é muito importante pra gente jogar o maior número de jogos possível neste momento, porque precisamos sentir as partidas. Hoje foi um jogo excelente, talvez a gente não tenha conseguido jogar no nosso nível mais alto. Mas acho que o Sada Cruzeiro, mesmo estando em pré-temporada, soube jogar muito bem nos momentos mais decisivos, foi crescendo no jogo. Foi melhor fisicamente, nos saques e nos ataques e por isso venceu. Com certeza foi uma grande experiência e estamos ansiosos para jogar mais um amistoso contra eles”, disse Mika, que também falou sobre a torcida.

“Foi perfeito pra mim jogar aqui, o ginásio pode não ser o maior de todos, mas a torcida canta muito alto e tudo é muito espontâneo. Foi muito legal e acho que todos os atletas da nossa equipe gostaram muito de jogar este jogo”, afirmou.

O oposto Alan foi o maior pontuador do amistoso, com 23 anotações, seguido pela dupla polonesa Kubiak e Kurek, com 18 acertos cada.

Leal brilhou na reta final da partida

O jogo

Não tinha bola perdida no primeiro set. Os dois times duelavam por cada ponto e se revezavam na liderança do placar, fazendo ralis emocionantes. O jogo esteve empatado até o 21º ponto, porém na reta final a Polônia, com seu saque pesado, conseguiu fechar em 25/23.

No segundo set o Sada Cruzeiro voltou com um ritmo melhor no saque e todos os fundamentos passaram a funcionar muito bem, principalmente o bloqueio, que parou o forte ataque do oposto Kurek. O time mineiro conseguiu uma boa vantagem, em 17/13, e seguiu ditando o ritmo da partida, finalizando em 25/19, com um erro de saque de Klos.

O início da terceira parcial foi da Polônia, que abriu 5 a 1 e seguiu embalada, com um saque mais balanceado. O Sada Cruzeiro, com o ataque acionado pelo jovem levantador Fernando Cachopa, foi tirando a vantagem aos poucos, encostando em 12 a 13. O bloqueio simples de Éder Levi em Klos deixou tudo igual: 15 a 15. Filipe, novamente no bloqueio, fez seu time passar na frente, em 20 a 19. Embalados pela torcida, os cruzeirenses seguiram trabalhando muito bem o sistema defensivo e, com Leal voando pela entrada de rede, fecharam em 25/23.

Na quarta parcial a Polônia abriu o placar logo no início e se manteve o tempo todo na frente, marcando 25/18 e empatando o jogo em 2 a 2.

A torcida pode presenciar momentos mágicos no quinto set, que terminou como se fosse uma final de torneio. O equilíbrio foi novamente a tônica em quadra, com os times disputando ponto a ponto. Na reta final do tie-break a Polônia chegou a fazer 13 a 11, teve vários match points, mas não fechou. Pelo Sada Cruzeiro, Leal virou vários contra-ataques, enlouquecendo a torcida e mantendo o time da Raposa vivo no jogo. E quando o Sada Cruzeiro passou na frente, um bloqueio de Éder Levi em Kurek fechou a conta, em 19 a 17.

Sada Cruzeiro – Fernando Cachopa, Alan, Filipe e Leal, Simon e Éder Levi e o líbero Serginho. Entraram Leozinho, Robert, Rodriguinho e Pedrão. Técnico: Marcelo Mendez.

Polônia – Kurek, Klos, Lomacz, Kubiak, Buszek, Bieniek e o líbero Zatorski. Entraram Bednorz, Konarski e Mika. Técnico: Stephane Antiga.

Ingressos

E quem quiser garantir as entradas para assistir ao segundo duelo entre Sada Cruzeiro e Seleção da Polônia pode se apressar. Na segunda-feira, 01/08, o torcedor pode comprar os ingressos antecipados na Sede Administrativa do Cruzeiro, de 9h às 17h. E na terça, além do posto de venda em Belo Horizonte, haverá comercialização também no Ginásio do Riacho, em Contagem, de 9h até o início do jogo. O valor do bilhete é R$ 10, com meia-entrada a R$ 5.

Venda de Ingressos – Amistoso – Terça, 02/08, às 20h, em Contagem

Valor – R$ 10 inteira e R$ 5 a meia-entrada

Sede do Cruzeiro em BH (Rua Timbiras, 2903), de 9h às 17h

Dias 01/08 e 02/08

Bilheterias do Riachão, em Contagem (Rua Rio Paraopeba, 1200), de 9h até o início da partida

Dia 02/08