10/08/17 - Pré-temporada

Na pré-temporada, atletas buscam refúgio no Sada Cruzeiro em momento de transição

Nos últimos anos, além dos inúmeros títulos acumulados nas competições nacionais e internacionais, o Sada Cruzeiro também tem se mostrado um campeão quando o assunto é a solidariedade no esporte. O time celeste já está na quinta semana de preparação da temporada 2017/18, com foco nas competições que logo começarão. E neste início de trabalho um personagem se destaca em meio ao grupo pelas roupas diferentes. Não é um profissional do clube, nem um atleta recém-contratado. É mais um jogador que, antes de assumir seu posto do outro lado do mundo, encontrou no Sada Cruzeiro um lugar para treinar, melhorar seu condicionamento físico e chegar no novo time com as melhores condições possíveis.

Escobar comemora vitória no “manchetão” ao lado de parte do elenco azul – Ana Flávia Goulart/ Sada Cruzeiro

No ambiente altamente competitivo dos clubes profissionais, o fato pode parecer estranho, mas demonstra o quão grande um time pode ser, ao ajudar um atleta e fazer, em outra esfera, algo importante em prol do esporte. E a lista é extensa dos jogadores, que, de alguma maneira, buscaram apoio no Sada Cruzeiro em um momento de transição.

E o nome da vez é o oposto cubano Escobar, jogador muito conhecido da torcida mineira e maior pontuador da Superliga 2014/15 e 2015/16, quando defendeu o Minas Tênis. Na próxima semana o atleta viaja para o Suntory Sunbirds, do Japão, mas neste último mês a sua preparação teve endereço certo, o CT do Barro Preto, em Belo Horizonte. Já é a segunda vez que o jogador utiliza as instalações do Sada Cruzeiro.

Conterrâneo de Leal, o cubano pediu ao amigo para conversar com o técnico Marcelo Mendez e viabilizar novamente seu treinamento no clube cruzeirense. Depois de duas temporadas no Minas, um rival local, Escobar diz que na primeira vez chegou um pouco ressabiado, mas que todas as expectativas foram superadas e o sentimento é de profunda gratidão ao time celeste.

Oposto cubano utiliza a estrutura da Raposa para se preparar para temporada no Japão

“Já é o segundo ano que treino esse período aqui no Sada Cruzeiro. Quando vim pela primeira vez, pensei que o clube poderia me ajudar um pouco. Mas eu fiquei totalmente surpreso, porque eles me acolheram quase como se eu fosse um atleta do clube, e com certeza a ajuda foi muito maior do que eu pensava. As pessoas me ajudaram demais, todos preocupados, conversando comigo, querendo saber como eu estava. O clube abriu as portas para mim. Confesso que nesse tempo treinando aqui no Sada Cruzeiro eu me senti em casa, de verdade”, disse Escobar.

A pedido da própria Confederação Brasileira de Voleibol – CBV, atletas como Lucarelli, Leandro Vissoto, Maurício Borges e Maurício Souza foram alguns dos que frequentaram o centro de treinamento estrelado nos últimos anos, em um intervalo de atividades na seleção.

E o Sada Cruzeiro segue com sua preparação da pré-temporada 2017/18. O primeiro compromisso do elenco cruzeirense será o Campeonato Mineiro, com estreia marcada para o dia 25 de agosto, às 20h, em Contagem, contra o Montes Claros Vôlei.