04/08/16 - Amistosos, Pré-temporada

Intercâmbio entre comissões técnicas marcou parceria entre Sada Cruzeiro e Polônia

Fotos: Divulgação Sada Cruzeiro

A seleção masculina de vôlei da Polônia viajou para o Rio de Janeiro na noite desta quarta-feira, 03/08, para a disputa da Olimpíada, depois de 10 dias de atividades em Minas Gerais, em parceria com o Sada Cruzeiro. Além dos dois jogos amistosos que a atual seleção campeã do mundo disputou com os cruzeirenses, os europeus viraram “figuras carimbadas” no clube do Cruzeiro no Barro Preto, interagindo com sócios e torcedores. E além dessa sintonia, presente também entre os atletas, um importante intercâmbio foi realizado entre os profissionais das duas comissões técnicas.

Departamento médico, fisioterapia, estatística, praticamente em todas essas áreas houve muita conversa e troca de experiências entre brasileiros e poloneses.

“Para nós, na Europa, o Sada Cruzeiro é um time muito grande, duas vezes campeão do mundo, e joga um voleibol maravilhoso. Então, antes de vir pra cá, a gente imaginava que o pessoal poderia ser um pouco arrogante, afinal são bicampeões mundiais. Mas não foi nada assim, nós nos sentimos em casa. Nossas equipes técnicas puderam trabalhar juntas e isso foi muito enriquecedor. Pra mim foi sensacional, eu pude passar conhecimento para pessoas tão vitoriosas. E a nossa comissão teve a chance de discutir voleibol com esse grande grupo. Nossos técnicos ouviram as opiniões do Marcelo Mendez, um treinador multicampeão, sobre o que ele pensava sobre os nossos treinos. E acho que tudo isso só aconteceu porque somos parecidos, nós temos a mente aberta e somos humildes e o Sada Cruzeiro também, então todo mundo saiu ganhando”, contou o manager da Polônia nos Jogos Olímpicos, Oskar Kaczmarczyk.

E Oskar ainda lembrou das duas partidas de futebol que as comissões técnicas disputaram no Complexo Esportivo do Barro Preto.

“E nós ainda jogamos futebol! Quando contamos para o pessoal de casa que nós, pequenos poloneses, viemos ao Brasil e vencemos duas vezes os brasileiros, ninguém acreditou! A verdade é que estamos nos sentindo como uma grande família. A decisão de vir pra cá antes da Olimpíada foi a melhor que já tomamos. Nós tivemos acesso a tudo o que precisamos, jogamos dois amistosos de altíssimo nível e foi uma grande experiência”, concluiu Oskar.

O supervisor cruzeirense, Luis Carlos Sales, também destacou que os visitantes aproveitaram bastante a estrutura do clube cinco estrelas. “Todos os profissionais interagiram muito, discutindo a maneira como trabalham e o que fazem. Houve muita troca de informação do departamento médico e entre os fisioterapeutas. Eles gostaram muito de usar o nosso radar, o equipamento que utilizamos para medir a velocidade do saque, além de outras coisas. Foi uma experiência fantástica esse intercâmbio com a seleção da Polônia. Para nós foi uma honra e uma grande responsabilidade recebê-los em um momento tão importante, às vésperas da Olimpíada”, explicou.

Entre os treinadores também teve muito assunto. Marcelo Mendez foi treinador do atual técnico da Polônia, Stéphane Antiga, quando o francês foi jogador do Palma de Mallorca, na Espanha. E hoje, atuando na mesma função, os comandantes trocaram muitas figurinhas.

“O Antiga está fazendo um excelente trabalho na seleção da Polônia e já vem alcançando grandes conquistas, como o Mundial de 2014. Acho que esta experiência que vivemos nos últimos dias foi enriquecedora para as duas equipes, que têm objetivos maiores agora”, disse Marcelo Mendez, desejando boa sorte aos poloneses na Olimpíada.

Assim como a seleção brasileira, a Polônia estreia no próximo domingo, 7, contra o Egito. Já o Brasil encara o México no primeiro jogo dos Jogos Olímpicos Rio 2016.