27/04/18 - Superliga

Em busca do hexa, Sada Cruzeiro joga a final 1 da Superliga contra o Sesi-SP, no Ibirapuera

Chegou a hora da primeira decisão. Na tarde deste sábado, 28, às 15h, o Sada Cruzeiro disputa com o Sesi-SP o jogo número 1 das finais da Superliga Cimed Masculina 2017/18. O confronto, que tem transmissão do Sportv e RedeTV!, será realizado em São Paulo, no ginásio do Ibirapuera, onde o grupo celeste joga pela primeira vez. A novidade fica por conta do local, pois esta será a oitava final consecutiva para o elenco de Marcelo Mendez, que busca o hexacampeonato nacional. Diferentemente também do que aconteceu nos últimos anos, a decisão de quem leva o título da Superliga nesta edição será em dois jogos. O segundo duelo acontece na casa dos cruzeirenses, no domingo, dia 6, no ginásio do Mineirinho. E em caso de um empate, logo após a partida em Belo Horizonte será disputado um golden set, de 25 pontos, para definir o campeão.

Por enquanto o foco do elenco do Sada Cruzeiro é apenas neste primeiro confronto. Na tarde desta quinta-feira, 26, o grupo realizou seu primeiro treino coletivo no Ibirapuera. Para o oposto Evandro, que nunca jogou no ginásio, a novidade agradou muito.

“Em 2014, quando a seleção brasileira jogou aqui contra o Irã, eu tinha quebrado o dedo e não joguei. É um ginásio famoso, bonito e vai ser bom jogar aqui. E esta é mais uma decisão para a nossa equipe. Nós estamos no clima de final desde a segunda derrota para Taubaté na semi. Então nós já disputamos três finais, estamos calejados e preparados para este jogo contra o Sesi-SP, que é um time muito forte. Já estudamos bastante a equipe deles, treinamos bastante e estamos com um bom ritmo de jogo. Queremos ganhar aqui no Ibirapuera e queremos ganhar em casa, no Mineirinho”, afirmou Evandro, relembrando as semifinais contra o EMS Taubaté Funvic, quando o time azul perdia por 2 a 0 e virou a série em 3 a 2.

Simon é um dos destaques da Raposa na Superliga – Foto: Flávio Perez

Agora, dois velhos conhecidos vão se enfrentar no confronto em São Paulo. Das oito finais consecutivas de Superliga para o Sada Cruzeiro, a deste sábado será a quarta contra o Sesi-SP. O time paulista venceu em 2010/11 e depois foram dois títulos para o Sada Cruzeiro, em 2013/14 e 2014/15. As equipes também já disputaram duas finais de Copa Brasil, em 2014 e 2018, ambas com vitória mineira.

E uma das armas que o grupo cruzeirense conta para o duelo no Ibirapuera é o central Simon, melhor sacador do torneio, com 55 aces. “Nós trabalhamos muito bem o saque, treinamos muito e espero que a gente jogue bem. Mas não dependemos somente do saque, é um conjunto. É mais um jogo importantíssimo para o nosso time. Eles vão jogar para ganhar, nós também vamos e são dois times que se conhecem bastante. Nosso time está bem e espero que a nossa equipe faça uma boa partida e consiga essa vitória tão importante”, disse Simon.

A venda de ingressos para a segunda final no Mineirinho começa nesta sexta-feira, 27, a partir das 15h, no site centraldoseventos.com.br e em vários postos físicos. As informações completas estão no site do Sada Cruzeiro.