28/06/17 - Elenco

Após trombose e corte da seleção, oposto Evandro segue com tratamento no Sada Cruzeiro

Após ser diagnosticado com uma trombose no antebraço direito e ser cortado da seleção brasileira às vésperas da fase final da Liga Mundial, o oposto Evandro segue com seu tratamento no Sada Cruzeiro. O atacante está sendo acompanhado por um angiologista de Belo Horizonte, indicado pelo médico do clube, Sérgio Campolina, e continuará fazendo atividades físicas e tomando uma medicação. Apesar do problema, Evandro está tranquilo e a previsão é de que em menos de 30 dias o atleta já volte à rotina normal de treinos.

Evandro realiza atividades no clube – Fotos: Andréia Santos / Divulgação Sada Cruzeiro

Trombose é a formação de um coágulo sanguíneo em uma veia ou artéria, no caso dele, na artéria ulnar, logo acima da mão. Ele já vinha sentindo um incômodo na região, até que na última semana exames confirmaram o diagnóstico.

“Em uma situação como esta você toma um susto, mas não tive tempo de pensar muito. Nós já estávamos entrando na fase decisiva da Liga Mundial, eu fui fazer o exame e fui afastado. Mas fui muito tranquilizado pelos médicos. É o resultado dos anos de voleibol, das pancadas no local. E eu fiquei sabendo de vários atletas que tiveram isso, alguns casos até mais graves que precisaram de cirurgia. Felizmente no meu caso é só tomar o remédio e parar por um período. Estou feliz por estar ao lado da minha família, por estar em casa e por estar aqui no Sada Cruzeiro. Por enquanto estou fazendo só atividades na academia, pois tenho que evitar o contato direto com a bola no braço direito”, disse Evandro.

O oposto está tomando medicação e trabalhando a parte física

Nos próximos dias o melhor oposto da última Superliga já terá a companhia dos cubanos Simon e Leal, que também já vão iniciar as atividades da temporada 2017/18 no Sada Cruzeiro, além dos atletas da base. No dia 10 de julho praticamente todo o elenco se reúne para o início oficial dos treinamentos do time multicampeão.

“Agora é descansar um pouco, colocar a cabeça no lugar e continuar trabalhando a parte física. Depois eu vou passar por uma reavaliação, mas segundo os médicos que me atenderam assim que terminar a medicação eu já devo estar pronto pra jogar, voltar à rotina normal com a bola. Meu objetivo hoje é me tratar e fazer um grande trabalho aqui no Sada Cruzeiro”, afirmou o camisa 8 cruzeirense.